Parte do coletivo Soylocoporti

Só mais um site Soylocoporti

Arquivo do assunto ‘integração’

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Lançamento do Pontão de Cultura Kuai Tema

, , , ,
dsc 0077 230x152 Lançamento do Pontão de Cultura Kuai Tema

Diversas entidades, produtores e incentivadores da cultura estiveram presentes no evento.

Cultura, integração e cooperação são as palavras que resumem o espírito do lançamento do Pontão de Cultura Kuai Tema – Integração pela Liberdade. A atividade ocorreu na noite desta quinta-feira (21), na APP Sindicato e contou com a presença de cerca de sessenta pessoas. O projeto é uma iniciativa do Coletivo Soylocoporti em conjunto com o Ministério da Cultura (MinC) e é responsável por articular os pontos de cultura do Paraná, documentar sua atuação, capacitá-los e integrá-los por meio de ferramentas de comunicação baseadas em software livre.

De modo descontraído e já dando o ambiente da noite, a Companhia de Teatro da Associação de Moradores do Salgueiro, do Sítio Cercado, fez uma apresentação teatral buscando problematizar algumas das dificuldades da vida na sociedade contemporânea. Na sequência, foi composta a mesa de abertura, que teve a representação de diversos órgãos públicos, mandatos de parlamentares e entidades ligadas à cultura, educação e comunicação.

dsc 0026 230x152 Lançamento do Pontão de Cultura Kuai Tema

Representantes de entidades e do poder público formaram a mesa de abertura.

Representando o Coletivo Soylocoporti, João Paulo Mehl deu início ao debate, explicando as razões que levaram o grupo a pleitear o convênio com o MinC para a criação do Pontão de Cultura Kuai Tema. De acordo com ele, “a cultura e a comunicação andam juntas, na medida em que se faz necessário divulgar e documentar as distintas expressões artísticas para garantir a soberania cultural e a diversidade humana. Dessa forma o papel do Pontão Kuai Tema, que é integrar e articular as iniciativas culturais em curso, vem ao encontro dos nossos ideais”.

Já o representante do Fórum de Culturas Populares, Renato Perré, enfatizou em sua fala a função social da cultura e, em especial, dos pontos de cultura. “Essa iniciativa tem a responsabilidade de levar às pessoas uma melhor condição humana. Ao nos colocarmos como interlocutores entre o poder público e a sociedade, fazemos um papel revolucionário: possibilitamos que a população fale e torne-se protagonista de sua própria história”, definiu.

Nesse sentido, o Fórum de Entidades Culturais, representado por Waltraud Sekula, parabenizou o grupo pela ousadia e colocou-se à disposição para contribuir no projeto. “Precisamos construir uma teia das iniciativas culturais paranaenses, de modo que não fiquemos isolados. Um fio é facilmente cortado, mas a teia não. Ela tem elasticidade, porém não se rompe facilmente”, refletiu.

dsc 0070 230x345 Lançamento do Pontão de Cultura Kuai Tema

Érico Massoli explicou as diretrizes do Pontão de Cultura Kuai Tema. Ao fundo, Renato Perré.

Os trabalhos do Pontão Kuai Tema tiveram início em janeiro e devem ser concluídos até dezembro de 2009, sendo que o convênio pode ser renovado por mais um ano. É dividido em seis fases que incluem desde a implantação física e planejamento até a execução de seminários de capacitação, confecção da Cartilha da Cultura e realização do Festival de Cultura do Paraná.

Para Érico Massoli, membro do Soylocoporti e da equipe executora do projeto, o propósito é ampliar a visibilidade das pequenas iniciativas culturais no Estado, possibilitando que dialoguem entre si, troquem experiências e alcancem cada vez mais pessoas. “A cultura é um direito humano, sendo que o Estado deve disponibilizá-lo a todos os cidadãos. Esse é o entendimento do Soylocoporti e é por isto que encaramos o desafio de trabalhar pela integração das iniciativas culturais paranaenses”, resume.

Nesse momento, o grupo responsável pelos trabalhos está realizando o mapeamento das iniciativas e documentando a atuação dos pontos de cultura – o que resultará em mini-documentários e informações para a Cartilha da Cultura do Paraná. A etapa seguinte será a realização de seminários de capacitação em cada uma das macroregiões do Paraná, discutindo noções de gestão cultural, comunicação e tecnologias livres e políticas para a cultura. Por fim, em novembro, será realizado o Festival de Cultura do Paraná, que pretende reunir todos os pontos conveniados no estado (até agora 36 de acordo com o MinC), realizando oficinas, seminários, debates e apresentações artísticas.

Pontos e Pontões de Cultura – uma parceria entre Estado e sociedade civil

“Quem produz cultura é a sociedade. Cabe aos governos identificar e fomentar tais iniciativas”

É a partir dessa perspectiva que o Governo Federal e o Ministério da Cultura (Minc) lançaram em 2007 um programa de incentivo à produção cultural brasileira: o Mais Cultura. De acordo com o Minc, “o programa marca o reconhecimento da cultura como necessidade básica, direito de todos os brasileiros, tanto quanto a alimentação, a saúde, a moradia, a educação e o voto”.

A cultura é então incorporada como importante fator para o desenvolvimento do país, sendo que três premissas passam a ser observadas: a democratização do acesso e do direito de produzir cultura; o olhar atento ao mundo das tecnologias que promovem mudanças sociais e o potencial econômico da cultura.

Nesse sentido, uma das principais ações é a criação dos Pontos de Cultura – iniciativas desenvolvidas pela sociedade civil que, por meio de seleção por editais públicos, firmam convênio com o Minc e ficam responsáveis por impulsionar experiências culturais que já existem nas comunidades. Atualmente, são mais de 800 Pontos de Cultura espalhados pelo país.

E é diante do sucesso e ampliação do programa que o Minc decide criar mecanismos de articulação entre os diversos pontos, compreendendo que é fundamental realizar trocas de experiências entre as iniciativas. Assim surgem as Redes de Pontos de Cultura e os Pontões de Cultura, sendo que os Pontões são os entes de integração dentro da Rede de Pontos de Cultura.

Entenda o Pontão de Cultura Kuai Tema

O Kuai Tema é fruto do trabalho do Coletivo Soylocoporti, que tem a questão cultural como uma de suas prioridades. Dessa forma, a entidade candidatou-se como Pontão de Cultura principalmente pelo reconhecimento da necessidade de articulação, integração, documentação e capacitação dos pontos de cultura já existentes no Paraná. Entende-se que a rede de pontos presente hoje no estado deve ser potencializada, de modo a ampliar o alcance e o impacto de suas ações sobre as comunidades envolvidas.

Após os trabalhos do Pontão, pretende-se deixar uma rede de comunicação articulada entre os pontos de cultura, sendo estes capazes de avaliar a sua atuação na sociedade e criar espaços de articulação própria, reconhecendo a integração como importante para sua sobrevivência.

share save 171 16 Lançamento do Pontão de Cultura Kuai Tema

3 comentários »

sexta-feira, 27 de março de 2009

Iniciam os trabalhos do Pontão Kuai Tema

, , ,

Retirado do blog do Soylocoporti (www.soylocoporti.org)

As atividades relativas ao Pontão de Cultura Kuai Tema já tiveram início, com a revisão do plano de trabalho e o planejamento das ações. O projeto está nucleado no Programa Estratégico Cultura e Movimento e as tarefas estão sendo executadas sob a supervisão desse Programa e do Conselho Diretor do Soylocoporti, uma vez que o projeto é uma iniciativa do coletivo.

De acordo com as premissas de transparência e democracia nos procedimentos internos, o Soylocoporti optou por realizar um edital interno para a contratação dos profissionais que darão andamento ao Pontão de Cultura Kuai Tema. O edital foi aberto no dia 20 de fevereiro e encerrou-se em 3 de março, contando com oito inscritos. Puderam concorrer todos os sócios-efetivos, sendo que a comissão avaliadora foi composta por dois membros do Conselho Diretor (Angélica Varejão e João Paulo Mehl) e uma pessoa externa (Anderson Moreira, do Cefuria).

Os selecionados foram: Érico Massoli para o cargo de articulador, Gustavo Guedes como documentador, Marco Amarelo Konopacki como gestor e Rachel Bragatto como comunicadora. Os quatro são os responsáveis por tocar o Pontão Kuai Tema – que pretende integrar, pelas tecnologias da informação, os pontos de cultura do Paraná. Serão ministrados cursos e oficinas de forma a articular as ações, além da implantação de um portal na internet que congregue blogs de todos os pontos do estado.

share save 171 16 Iniciam os trabalhos do Pontão Kuai Tema

1 comentário »

Blog integrante da rede Soylocoporti